Quando a preocupação com situações ou pessoas se torna uma doença? A Psicóloga Tatiane Costa faz uma análise e dá dicas de como evitar preocupar-se excessivamente e viver melhor!

Deixe seu Comentário