Menu

Várzea Alegre: Prefeitura estuda construir novo mercado público no município

Por NONATO ALVES | 8 de agosto de 2017 | 14:04

A Prefeitura de Várzea Alegre estuda construir um novo Mercado Público no município. Esse é o pensamento do prefeito Zé Helder (PMDB), após analisar a situação precária do Centro de Abastecimento Josué Alves Diniz, localizado no Centro da cidade. A administração está buscando recursos junto ao governo do Estado com este fim, e se for o caso, poderá dar prioridade a construção de um novo espaço para feira livre, em detrimento de uma outra etapa de urbanização da Lagoa de São Raimundo Nonato.

Não é de hoje que a população reclama das péssimas condições do local onde ocorre a feira livre, tanto no interior quanto na parte externa e no seu entorno, são vários os problemas enfrentados por quem trabalha na área ou a frequenta para adquirir produtos no dia a dia.

Não faz muito tempo, os vendedores de carne reuniram-se para realizar uma pequena reforma no interior do mercado por conta própria. Ali, os clientes sempre reclamaram das poucas condições de higiene. A falta de manutenção constante deixa o ambiente com péssimo aspecto, o que acaba afugentando a clientela. Mesmo com as melhorias realizadas pelos marchantes que comercializam carnes lá dentro, tem sido difícil manter as vendas.

Vários desabamentos de parte do teto foram registrados com o passar dos anos. Em tempos de chuva ou mesmo de ventos fortes, é comum parte da estrutura desabar. A prefeitura faz a manutenção, mas algum tempo depois, há novos danos na estrutura.

Já na parte externa do mercado, os feirantes se queixam do tráfego de motos pelo corredor estreito, onde mal cabe a clientela. Mesmo em dias de grande movimentação, motoqueiros e pedestres disputam um espaço bem apertado no local. Já se tentou impedir que motos circulem pela área, mas o problema continua.

Recentemente, feirantes vem reclamando daquilo que eles consideram concorrência desleal por parte de outros comerciantes que estão vindo vender seus produtos no entorno do mercado, por um preço abaixo do praticado ali, sem pagar taxas ou impostos ao fisco municipal.

Para a administração, até o final dessa gestão, é prioridade conseguir dar andamento no projeto de um novo mercado público, já que o município cresceu consideravelmente, mas o espaço da feira livre não acompanhou o desenvolvimento ao longo do tempo.





Veja também

O varzealgrense Beto Primo (PPS), 40, assumiu nesta terça-feira (22) uma cadeira na Câmara de Vereadores de Juazeiro do...
O agricultor Antônio Salviano de Almeida, 49, foi preso pela polícia de Várzea Alegre, por volta das 13h30 desta...
Bandidos levaram cerca de R$ 1.000,00 reais em mercadorias (bijouterias) e mais R$ 355,00 reais em dinheiro de mototaxista....
A vinda de camelôs de outras localidades para Várzea Alegre nesta época do ano já é uma tradição. A...
A abertura da Festa de São Raimundo Nonato e da parte social, Festa de Agosto, indica que o município...
Publicidade
error: Content is protected !!