Candidata doa Asalp conquistou a preferência do júri e surpreendeu com fantasia “Eparrei Iansã de vermelho ou de rosa é filha de Oya”.

Juliane Santos Moraes, de 19 anos, é a Rainha das Rainhas 2020.

A candidata da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Pará (Asalp) foi corada a vencedora da 72ª edição do concurso de beleza e fantasia realizado na noite deste sábado (15), no Hangar Centro de Convenções, em Belém. Juliane conquistou o título com o tema “Eparrei Iansã de vermelho ou de rosa é filha de Oya”, e levou para o palco a religiosidade afro-brasileira ao falar da orixá que é a senhora dos raios e das tempestades, possui a leveza de uma borboleta e a força de um búfalo.

A fantasia é criação dos estilistas André Chagas e Gabriel Carvalho.

A coreografia é de Marcos Maciel.

A fantasia de Juliane trazia no corpo e na cabeça referências às paramentas usadas pela orixá, o resplendor retrata a senhora dos raios, sua bravura, qualidades e sua beleza encantadora, adornado e bordado com strass, cristais, semi joias, búzios, dentes africanos e pedrarias.