De acordo com a Polícia Civil, moto aquática estava em alta velocidade e piloto fugiu após o acidente.

Uma das vítimas teve ferimentos graves.

De acordo com a Polícia Civil, pessoas que estavam na canoa relataram que motos aquáticas estavam em alta velocidade G1 Santos Três pessoas ficaram feridas após um choque entre uma canoa e uma moto aquática na tarde desse domingo (16) no Rio Itanhaém, no litoral de São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil, uma canoa havaiana que estava com 11 pessoas navegava pelo rio, por volta das 12h20, quando se deparou com jet skis em alta velocidade.

Conforme informado ao G1, uma das motos aquáticas colidiu com a embarcação, causando um grande impacto, que fez com que três passageiros ficassem feridos.

Segundo a polícia, o piloto do jet ski fugiu.

Após o ocorrido, a Marinha e a Polícia Militar foram acionadas.

Uma das vítimas, de 50 anos, teve ferimentos graves e foi encaminhada para o Hospital Irmã Dulce.

A Polícia Ambiental fez buscas para tentar localizar o condutor da moto aquática, mas não o encontrou.

Em nota, a Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informou que tomou conhecimento na tarde deste domingo, do acidente envolvendo a moto aquática e uma canoa nas proximidades do Iate Clube de Itanhaém. Segundo informações preliminares, os envolvidos foram encaminhados por populares ao Pronto Socorro Central de Itanhaém e para o Hospital Irmã Dulce.

Uma equipe de Inspeção Naval está no local para ampliar as informações e um inquérito será aberto para apurar as causas e possíveis responsabilidades. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Itanhaém.

O G1 não teve informações sobre o estado de saúde das vítimas até a última atualização desta reportagem.